Translate

Rádio SENAMI

RÁDIO SENAMI ===>

Pesquisar este blog

O que você pode fazer em favor da Missão?

Visualizações de páginas da semana passada

sábado, 14 de junho de 2008

Geração de Luz

"Façam tudo sem queixas nem discussões, para que venham a tornar-se puros e irrepreensíveis, filhos de Deus inculpáveis no meio de uma geração corrompida e depravada, na qual vocês brilham como estrelas no universo."
Filipenses 2.14

Eduardo Cardoso,

Imagine por um segundo como seria enfrentar uma falsa acusação, ser preso injustamente, condenado e, ainda assim, permanecer firme na fé sem reclamar. Alguns dos nossos irmãos da Igreja Perseguida estão conseguindo vencer esse desafio.

O missionário Manja Tamang, do Nepal, tropeçou no corpo de um homem e ao comunicar à polícia acabou acusado e condenado a 20 anos de prisão por assassinato. Ele já passou nove anos na cadeia e durante todo esse tempo o Senhor o tem usado para pregar a Palavra e discipular muitos prisioneiros (leia mais).

O pastor Dmitry Shestakov, do Uzbequistão, tem pela frente três anos de prisão em um campo de trabalhos forçados, vivendo em condições insalubres, porque manteve sua disposição de pregar o evangelho sem a aprovação do governo (leia mais).

No Iraque, a jovem adolescente Asya Ahmad Muhammad, presa porque matou, em legítima defesa, o tio que a agredia, pode sair da prisão se o presidente do Curdistão assim decidir. No passado, alguns familiares chegaram a pedir a morte da moça, mas agora concordaram em apelar por sua libertação (leia mais).

Eduardo Cardoso, uma das maneiras de controlar o desânimo, o medo e o desapontamento em situações difíceis da vida é lembrar de pessoas como essas que, mesmo encarceradas e entristecidas, reconhecem o Senhor em todos os seus caminhos, e são luz. Que o exemplo delas possa edificar a sua vida.

Tenha uma boa semana,

Tsuli Narimatsu

Jornalista

PS: Participe da campanha de 50 Dias de Oração pela Igreja Perseguida. Ainda dá tempo! Confira os pedidos, aqui.


10 de junho de 2008

www.portasabertas.org.br
Fone: (0--11) 5181 3330
Fax: (0--11) 5181 7525

Nenhum comentário: